Sindjustiça-Ce realiza visita à Assembleia Legislativa
A pauta é a reforma administrativa proposta pela administração do TJCE e o reajuste salarial.
 
Nessa terça-feira (07), Roberto Eudes, Pedro Helker, Paulinho Oliveira e Thiago Sampaio, diretores do Sindjustiça/Ce, e Ronaldo Linhares, servidor filiado, bem como dois representantes dos aprovados no último concurso do TJCE, realizaram visita à Assembleia Legislativa a fim de se manifestarem contra o projeto de reforma administrativa do Judiciário cearense, encaminhado pela administração do Tribunal de Justiça.

Além de buscar informações acerca da tramitação da proposta de reforma, os servidores reuniram-se com deputados estaduais e assessores de gabinete. O tom das reuniões seguiu no sentido de solicitar a rejeição do projeto, uma vez que a sua elaboração se deu sem qualquer discussão com a categoria dos servidores, os quais poderão sofrer sérias consequências. Além disso, não houve divulgação do valor da repercussão financeira do projeto de lei e haverá a criação de 398 cargos comissionados de livre indicação dos juizes, em detrimento do chamamento dos aprovados no último concurso.
 
Convocação


O Sindjustiça/Ce estará durante todo o dia de hoje (07) reforçando o trabalho na ALCe, no sentido de buscar construir uma rede de apoio que possibilite barrar o projeto de reforma administrativa.

É fundamental a participação dos servidores, assim como a presença da maior quantidade possível dos aprovados no último concurso, uma vez que a luta também é pela efetivação dos aprovados.

É hora de reforçar as fileiras e intensificar as mobilizações!
 
Reajuste salarial

Além de tratar da reforma administrativa, os servidores acompanharam a sessão que apresentou a proposta de reajuste salarial para os servidores do Poder Executivo, elaborada pelo Governo do Estado.

O reajuste está fixado em 6,29% para quem recebe salário mínimo. Já os servidores que recebem acima dessa faixa salarial terão reajuste de 2%. A mensagem foi lida em plenário e tramitará regularmente.

Vale lembrar que o reajuste concedido está bem abaixo da inflação do período e que os servidores públicos estaduais amargam perdas salariais que chegam à marca de 12,96% no período de 2015 e 2016.

A diretoria do Sindjustiça/Ce esclarece que tal mensagem trata-se apenas do reajuste salarial dos servidores do Poder Executivo. Cabe à administração do TJCE enviar mensagem solicitando o reajuste salarial dos servidores do Judiciário. 

Informamos, também, que a luta pelo reajuste salarial continuará e que o sindicato envidará todos os esforços para conquista de um reajuste pelo índice da inflação, que permita amenizar as perdas salariais do último período.



 
Versão para Impressão
© 2007 - FENAJUD. Todos os direitos reservados.
Endereço: SCS, Qd. 01, Bc. K, Ed Denasa, 9º andar, salas 901 e 902 - Brasília DF - CEP 70398-900 | Telefone: (61) 3321-5349 | (61) 3321-0242
Desenvolvimento: Techblu.com.