Conheça as decisões da categoria na Assembleia Geral do SindjusRS
A mobilização de sexta-feira (6) do SindjusRS culminou em mais uma Assembleia Geral da categoria que definiu os próximos passos da luta do sindicato pelos direitos dos servidores da Justiça Estadual.

O encontro, realizado em frente ao TJRS, contou com forte participação de diversas comarcas do Estado. Por conta da presença fundamental dos servidores do interior, uma das deliberações aponta para a descentralização das assembleias gerais para além de Porto Alegre. Passo Fundo (na foto, parte da delegação da cidade com o coordenador geral do SindjusRS, Marco Weber) deve sediar o evento em 10 de novembro.

O estado de greve da categoria foi mantido, com possibilidade de paralisação geral em novembro. Ainda em outubro, a categoria promoverá paralisações por 24 horas nos dias 19 e 26 em todas as comarcas do RS e, para o dia 20, está marcada reunião de representantes nos moldes estatutários, com escolha de delgados para o próximo congresso da Fenajud.

A Assembleia Geral também definiu que seja dada atenção especial ao cumprimento de executivos fiscais para gerar mais verbas aos cofres do Estado, demonstrando assim a relevância do trabalho dos servidores da Justiça.

Quanto à reposição salarial, uma comissão de cinco trabalhadores titulares e cinco suplentes ficará, ao lado da direção do SindjusRS, responsável pelas negociações com o TJRS. Já na sexta-feira, o grupo conseguiu audiência com a administração do Tribunal, que assegurou a divulgação do índice para esta semana. 
 
Versão para Impressão
© 2007 - FENAJUD. Todos os direitos reservados.
Endereço: SCS, Qd. 01, Bc. K, Ed Denasa, 9º andar, salas 901 e 902 - Brasília DF - CEP 70398-900 | Telefone: (61) 3321-5349 | (61) 3321-0242
Desenvolvimento: Techblu.com.