Fenajud marcou presença no XI Encontro do Poder Judiciário
Encontro aconteceu em Brasília (DF) entre os dias 20 e 21 de novembro de 2017.
 
O presidente da Fenajud (Federação Nacional dos Trabalhadores do Judiciário nos Estados), Luiz Fernando Souza, e o Secretário-geral da entidade, Marcos Fabre, participaram nos dias 20 e 21 de novembro de 2017 do XI Encontro Nacional do Poder Judiciário, no Tribunal Superior Eleitoral, em Brasília. Mas, a presença dos representantes, a convite do Conselho Nacional de Justiça, não foi suficiente para que os trabalhadores da Justiça estadual fossem lembradas, nos agradecimentos pelo trabalho desenvolvido nos Tribunais de Justiça do Brasil.
 
Para a ministra, no balanço de produtividade, apenas magistrados – palavra citada mais de 30 vezes na abertura – são os únicos realizadores da entrega da justiça à sociedade. No encerramento, agradeceu unicamente aos 18.000 juízes brasileiros e às associações de magistrados. Os dirigentes da Fenajud estiveram no evento nos dois dias de atividades e criticaram o fato.

Para o presidente da Fenajud, Luiz Fernando, "O simples fato da presidente da Corte Constitucional do País, e também presidente do Conselho Nacional de Justiça, não citar a palavra servidores da justiça brasileira, demonstra que a cúpula do judiciário nacional não dá a mínima importância ao trabalho feito por centenas de milhares de servidores/trabalhadores, que dão as suas vidas para a realização da justiça em nosso país. Deixa clara a situação de desamparado, falta de reconhecimento, abandono e desleixo que são tratados todos os servidores da justiça brasileira”.

Alertado pelos representantes da Fenajud, um conselheiro comentou com a Ministra Carmem Lúcia sobre a situação e durante o segundo dia do evento, e esta, ao final, quis se redimir da sua falha mas não o fez de forma veemente, como fez no discurso de abertura, citando três dezenas de vezes, os juízes; demonstrando mais uma vez que a formalidade de falar a palavra servidor no seu discurso final estaria somente cumprindo o protocolo. O Presidente da Fenajud avalia a situação como “Triste realidade que reflete a forma que somos tratados na maioria dos tribunais nacionais. Estamos há anos tentando uma audiência com o/a presidente do STF/CNJ, inclusive com ela mesma, que ao ser abordada ao final do encontro nacional deste ano, disse que não havia tido tempo para nos receber. Descaso é a sensação que fica. Mas mesmo diante desse quadro não desistiremos de sermos recebidos e de dizer frente a frente a Ministra Presidente que os trabalhadores da justiça nacional merecem respeito, reconhecimento, valorização e melhor tratamento por parte dos tribunais e também do STF/CNJ."
 
Novas metas

 
Previamente ao XI Encontro Nacional foi realizada Consulta Pública para a sociedade opinar sobre as Metas Nacionais. No evento, apenas, os magistrados votaram cada tópico, que resultou na aprovação das Metas Nacionais para todo o Poder Judiciário em 2018. Saiba quais são os tópicos aprovados:
 
META 1 – Julgar mais processos que os distribuídos (Todos os segmentos);

META 2 – Julgar processos mais antigos (Todos os segmentos);

META 3 – Aumentar os casos solucionados por conciliação (Justiça Federal e Justiça do Trabalho);

META 4 – Priorizar o julgamento dos processos relativos à corrupção e à improbidade administrativa (STJ, Justiça Estadual, Justiça Federal e Justiça Militar da União e dos Estados);

META 5 – Impulsionar processos à execução (Justiça Estadual, Justiça Federal e Justiça do Trabalho);

META 6 – Priorizar o julgamento das ações coletivas (STJ, TST, Justiça Estadual, Justiça Federal e Justiça do Trabalho);

META 7 – Priorizar o julgamento dos processos dos maiores litigantes e dos recursos repetitivos (STJ, TST, Justiça do Trabalho);

META 8 – Fortalecer a rede de enfrentamento à violência doméstica e familiar contra as mulheres (Justiça Estadual).
 
Versão para Impressão
© 2007 - FENAJUD. Todos os direitos reservados.
Endereço: SCS, Qd. 01, Bc. K, Ed Denasa, 9º andar, salas 901 e 902 - Brasília DF - CEP 70398-900 | Telefone: (61) 3321-5349 | (61) 3321-0242
Desenvolvimento: Techblu.com.